.

.

Slide Show

...

23 fevereiro, 2016

NERUDA COM CHOCOLATE


8ª OLIMPIADA NACIONAL EM HISTÓRIA DO BRASIL


A Olimpíada Nacional em História do Brasil começou em 2009, e tem sido um grande sucesso entre alunos e professores de todo o país. Elaborada pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), esta iniciativa firmou-se no cenário educacional como uma proposta inovadora de estudo consistente de História. É coordenada pela profa. Dra. Cristina Meneguello e pela profa. Alessandra Pedro.
A Olimpíada tem um formato original. É realizada por equipes compostas por 4 pessoas: 3 estudantes (oitavo e nono anos do ensino fundamental e qualquer ano do ensino médio) e o professor de história do colégio. As cinco fases online duram uma semana cada uma, e as respostas são obtidas pelos participantes por meio do debate com os colegas de equipe e a pesquisa em livros, internet e com os professores.
Desde a primeira edição existe uma fase final para no mínimo de 800 finalistas, que vão até a Universidade Estadual de Campinas onde realizam uma prova dissertativa, e aguardam o resultado e entrega de medalhas logo no dia seguinte. Nesta oportunidade, conhecem e confraternizam com estudantes e professores de história de todos os estados do Brasil.
A 8ª Olimpíada Nacional em História do Brasil traz mais uma vez o desafio de estudar a história do Brasil por meio de textos, documentos, imagens e mapas, ao longo de questões de múltipla escolha e da realização de tarefas muito especiais!
Monte sua equipe, batize-a com um nome bem legal e venha participar desta aventura!
Iniciaram-se no dia 22 de fevereiro de 2016 as inscrições para a 8ª ONHB! E finalizam dia 29/04/2016 ou até que o limite de inscrições seja atingido.

22 fevereiro, 2016

MOBILIZAÇÃO CONTRA O MOSQUITO AEDES AEGYPTI

Momento de mobilização com representantes da comissão da brigada de combate ao Aedes Aegypti, escolas municipais, estaduais e secretarias municipais.
Agradecemos a todos os participantes e colaboradores.







19 fevereiro, 2016

PALESTRA DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO VARIAÇÃO LINGUÍSTICA


Dia 18/02/2016 (quinta-feira), foi realizada a palestra de apresentação do projeto da variação linguística no auditório da escola EEEP PROFESSORA MARIA CÉLIA PINHEIRO FALCÃO. O público desta palestra foram os primeiros anos. Os palestrantes foram os responsáveis pelo do projeto (Renata Santos, Victor, Thiago David, Adrian Vinicius e Heloisa Costa). Esta apresentação teve como intuito de mostrar o projeto aos novatos e dentre eles escolher mais um aluno para se juntar ao grupo este ano e nós próximos anos seguir adiante com o projeto que é de suma importância. Sabemos que na sociedade em que vivemos, percebe-se vários casos do preconceito linguístico que é um dos casos em que mais trabalhamos. 
Agradecemos a participação e colaboração de todos.




18 fevereiro, 2016

REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDIAÇÃO

Estivemos nesta quarta-feira, dia 17 de fevereiro, em reunião com a Comissão de Mediação, formada pelos membros representantes das três séries e o núcleo gestor da escola. A reunião foi muito proveitosa e interessante. Queremos agradecer a participação de todos e a colaboração nas discussões.





Texto: Francisco Petrônio de Sousa - Coordenador Escolar

17 fevereiro, 2016

CAMPANHA DE COMBATE AO AEDES AEGYPTI


COMISSÃO DAS BRIGADAS

O combate ao mosquito Aedes Aegypti é responsabilidade de todos, pois unidos podemos vencer essa guerra.
Como contribuição para o combate ao mosquito Aedes Aegypti, conforme orientação da CREDE 11, a EP Maria Célia está formando sua brigada de combate ao mosquito. Essa brigada está composta dos seguintes membros:

Núcleo Gestor:
Eugênio Matias de Queiroz,
André dos Santos Bandeira,
Danielle Leite da Silva,
Francisco Petrônio de Sousa,
Aurenice Miguel Pereira.

Representante dos Professores:
Marcos Vinícius de Oliveira Rezende.

Representante dos Alunos:
Marciliana Feitosa de Aquino.

E as turmas abaixo relacionadas:
 
Cronograma de Brigadas
 
  
3ª - semana de Fevereiro - 3ª ano de Administração
4ª - semana de Fevereiro - 3ª ano de Informática
5ª - semana de Fevereiro - 3ª ano de Redes de Computadores
 
1ª - semana de Março - 3ª ano de Móveis
2ª - semana de Março - 2ª ano de Administração
3ª - semana de Março - 2ª ano de Secretaria Escolar
4ª - semana de Março - 2ª ano de Redes de Computadores
5ª - semana de Março - 2ª ano de Móveis
 
1ª - semana de Abril - 1º ano de Administração
2ª - semana de Abril - 1º ano de Agronegócio
3ª - semana de Abril - 1º ano de Comércio
4ª - semana de Abril - 1º ano de Informática
 
Após esse período repete novamente o rodízio das turmas. 

E toda comunidade escolar.

Texto: Francisco Petrônio de Sousa Coordenador Escolar

16 fevereiro, 2016

AULA PRÁTICA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA SOBRE NORMAS DE SEGURANÇA

Nesta segunda-feira dia 15  de fevereiro, o professor  de química Sanmarlon Michel Amorim esteve com alguns alunos dos primeiros anos da EP Maria Célia demonstrando os cuidados necessários para práticas no laboratório, agradecemos também a aluna do 2° ano de Redes de Computadores Ana Flávia Pinheiro Dias pela colaboração na aula. 
Toda e qualquer atividade prática a ser desenvolvida dentro de um laboratório apresenta riscos e estão propensas a acidentes. Devemos então utilizar normas de conduta para assegurar a integridade das pessoas, instalações e equipamentos. É importante manusear corretamente as substâncias químicas e equipamentos com os quais se vai trabalhar, a fim de evitar acidentes pessoais ou danos materiais. Neste contexto , é necessário saber os procedimentos gerais recomendados em casos de acidentes. 




















Texto: Francisco Petrônio de Sousa - Coordenador Escolar

15 fevereiro, 2016

RESULTADO FINAL DO 1°CONCURSO DE CARNAVAL EP MARIA CÉLIA


A Escola Estudual de Educação Profissional Maria Célia Pinheiro Falcão realizou na última sexta-feira, dia 05 de fevereiro, o I Concurso de “Carnaval Consciente” distribuído em três modalidades: Melhor máscara, melhor machinha de carnaval e Melhor fantasia. 
Após a apuração dos votos realizado pelo Núcleo Gestor e pelas professoras Micarla Rufino e Katia Laene temos os seguintes resultados: 
GANHADORES
Modalidade – Melhor Máscara (3° ANO DE INFORMÁTICA)


Modalidade – Melhor Machinha de Carnaval (3° ANO DE ADMINISTRAÇÃO)

Modalidade – Melhor Fantasia (3º ANO DE ADMINISTRAÇÃO


Este concurso foi realizado com o objetivo de valorizar e fomentar as manifestações artísticas e culturais, abordando diversas temáticas, temáticas estas escolhidas pelos participantes, dentro dos 17 temas que são Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, dentre eles: Escassez de agua, Igualdade entre gêneros, Vida terrestre, Paz, justiça e Igualdade, Educação de Qualidade propostos pela Organização das Nações Unidas e os quais o Brasil se comprometeu a seguir. Com isso, o Concurso traz para a festa uma temática de relevância social e de conscientização.
Desde já agradecemos a todos os educadores pela colaboração para a realização de evento e principalmente a todas as turmas pela participação

PRÉ-CARNAVAL DA EP MARIA CÉLIA


No Brasil, o carnaval se expressa de um jeito próprio para cada região. É tão diversificado quanto a variedade de suas tradições. Em todos os lugares, podemos viver momentos encantados, muitas vezes perdidos lá na ingenuidade de nossas infâncias. Em nenhum espaço faltam as diversões e fantasias. Podemos participar ou assistir ao trio elétrico com os seus blocos, a Timbalada, as escolas de samba e o sambódromo, o maracatu, o frevo, o carnaboi e o boi-bumbá, entre outros. Com todos esses estilos e um só povo, expressamos a alegria de existirmos como uma nação, transformando as diferenças sociais em um só grito de alegria para dizer ao mundo que estamos vivos e que, neste país, o calor humano é intenso.











Ao longo da história da humanidade, as máscaras foram utilizadas com os fins mais distintos, de acordo com a cultura e a religiosidade do povo que as adotavam. Geralmente elas permitiam o acesso a universos regidos pela imaginação ou a dimensões espirituais invisíveis. Os contadores de histórias assumiam muitas vezes o uso das máscaras para dar mais vida às suas narrativas, enquanto muitos eventos próprios da Natureza, mas que não se podiam ainda explicar, eram compreendidos através do recurso a estas ferramentas de ilusão e dissimulação. Atualmente elas são utilizadas em festas tradicionais, no Halloween, o famoso Dia das Bruxas, e principalmente no Carnaval.










A fantasia traz a possibilidade de projetarmos externamente conteúdos internos que permeiam nossa imaginação. Através das cores e dos personagens brincamos de forma mais livre com esses conteúdos. O momento do carnaval é propício para isso, é quando a brincadeira e a criatividade são permitidas e estimuladas pela maioria.
Com a individualidade protegida das críticas e julgamentos, a fantasia nos liberta e nos permite interagir de forma livre e despreocupada. As diferenças e preconceitos são minimizados e, por isso, o Carnaval é chamado de uma festa democrática. É um momento que todos aproveitam e interagem independente da cor, do país ou da classe social.
Melindrosas, prisioneiros, chapolins, baianas, abadás e tudo que a imaginação quiser pode virar realidade por alguns dias e nos levar pelo clima “dionísico” do carnaval.







Últimas Postagens

Seguidores